MAIOR ESTUDO BRASILEIRO SOBRE CONECTIVIDADE NAS ESCOLAS PÚBLICAS MOSTRA CAMINHOS PARA LEVAR INTERNET

Atualizado: 22 de abr.

Já é um fato que conectar escolas é importante para educação. Além disso, a pandemia de Covid-19 demonstrou a necessidade de estarmos 100% conectados, para evitar que as desigualdades do país se agravem.

Escola Coronel Almeida Mogi da Cruzes
Crédito: Joyce Cury


Foi por isso que a MegaEdu promoveu o “Estudo de Conectividade das Escolas Públicas”, um levantamento com dados inéditos sobre como conectar as mais de 30 mil escolas brasileiras que estão desconectadas, além de alavancar a velocidade de mais de 100 mil escolas que já têm acesso, mas ainda não permitem o uso pedagógico da internet.

O “Estudo de Conectividade das Escolas Públicas” identificou geograficamente cada uma das quase 140 mil escolas do Brasil e cruzou informações de diferentes bases de dados públicas, como Censo Escolar 2020, Nic.br, portal de dados da Anatel, pesquisa TIC Domicílios e projeto Crowdsourcing for Digital Connectivity, promovido por Bid e Anatel.

O levantamento foi feito no segundo semestre de 2021 em parceria com a consultoria BCG e da Fundação Lemann.

Conheça o material completo.


#conectividade #escolaspúblicas #educaçãoconectada


182 visualizações1 comentário